Anote na sua agenda e organize a sua viagem ao Sul de Minas Gerais em junho. Já tem data e local o 1º Festival de Vinhos de Inverno e Espumantes do Sudeste, organizado pela Associação Nacional de Produtores de Vinho de Inverno (Anprovin). O evento acontece no feriado prolongado de Corpus Christi, nos dias 16, 17, 18 e 19 de junho, das 16h às 22h, no elegante complexo do Palace Casino, em Poços de Caldas. A agradável cidade mineira é conhecida como um dos mais importantes destinos turísticos do Sul de Minas. E o festival se insere na agenda dos eventos da retomada econômica brasileira, no pós-pandemia.

A Villa Santa Maria, de São Bento do Sapucaí (SP), pertinho de Campos do Jordão, será uma das vinícolas que participarão do evento. Caberá o time do sommelier Christian Pinotti mostrar aos visitantes os premiados rótulos da casa e a potência de seu portfólio Brandina.

 

O 1º Festival de Vinhos de Inverno e Espumantes do Sudeste conta com o patrocínio da Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemge) e do governo estadual mineiro. Além disso, tem o apoio da Prefeitura de Poços de Caldas e do Armazém da Vila – Bar, Vinho e Gastronomia, também de Poços. O evento é aberto ao público consumidor, aos profissionais da cadeia produtiva, a influenciadores, jornalistas e entusiastas do mundo do vinho.

 

O ingresso no festival custa R$ 100, com direito a uma taça de vidro, mais dois tickets de cortesia (um branco e um amarelo). A ficha branca equivale a um voucher de R$ 15 (vinhos jovens) e a amarela é destinada aos vinhos barricados, no valor de R$ 25.

 

O espaço escolhido para sediar o festival tem muita história e um visual arquitetônico espetacular. Trata-se do Salão Nobre do Palace Casino, um complexo projetado na década de 30 e que, por muitos anos, abrigou uma luxuosa casa de jogos frequentada por visitantes de todo o País e por turistas estrangeiros. Os corredores e os ambientes internos e externos convidam a uma viagem no tempo.

 

Quem vai expor no festival?

As vinícolas associadas à Anprovim serão as estrelas do evento. Elas estarão em estandes apresentando a sua produção de Vinhos de Inverno. Oportunidade para o visitante conhecer, degustar e comprar os diversos rótulos de cada uma delas: rosé, branco, tinto ou espumante. A Anprovin conta hoje com mais de 30 associadas no Brasil. Parte delas estará representada no festival. O segmento dos Vinhos de Inverno tem, cada vez mais, se expandido e se fortalecido no universo da viticultura nacional.

 

As vinícolas que contam com o suporte da Anprovin produzem atualmente cerca de 500 mil garrafas de vinho por ano (400 mil litros). Elas são responsáveis por 267 hectares de vinhedos que utilizam a técnica da dupla poda.

 

 

A dupla poda

A técnica consiste na inversão do ciclo da videira e possibilita a “colheita de Inverno”, ou seja, a produção das uvas que darão origem aos Vinhos de Inverno se concentra nos meses mais secos e com maior amplitude térmica, noites amenas e dias ensolarados. A técnica de dupla poda faz com que o ciclo da videira se altere, trazendo a maturação para o Inverno.

Essa técnica começou a ser testada, e depois aperfeiçoada, no início dos anos 2000 pelo professor e produtor Murillo de Albuquerque Regina, presidente da Anprovin e ex-pesquisador da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig).

 

Lançamento do selo

O 1º Festival de Vinhos de Inverno e Espumantes do Sudeste marcará também o lançamento do selo que reforça a autenticidade dos vinhos produzidos pelas vinícolas associadas à Anprovin. Este selo será configurado como um QRCode que permitirá ao consumidor conhecer detalhes de origem do vinho, ou seja, as informações técnicas, sensoriais e de harmonização que a bebida carrega e oferece. Os visitantes e produtores de Vinhos de Inverno poderão aproveitar a passagem pelo festival para conhecer o selo oficial e fazer as simulações no ambiente digital.

A abertura do evento, com o lançamento do selo oficial, está prevista para o dia 16, quinta-feira, às 18h, no auditório do Palace Casino.

 

Corredores, adereços e imponência dos salões impressionam no Palace Casino Foto: Divulgação

 

O evento

O 1º Festival de Vinhos de Inverno e Espumantes do Sudeste terá estrutura de feira enogastronômica. Além das fichas de consumo para os vinhos que os expositores levarão, o evento contará com um espaço gourmet, sob a responsabilidade do Armazém da Vila. Música ambiente e apresentações musicais estão agendadas para os quatro dias do feriado prolongado de Corpus Christi.

Em relação à disposição dos estandes, a ilha central está reservada aos associados. E as laterais, aos não associados.

 

Informações de interessados devem ser concentradas junto à gerência executiva da Anprovin por meio do e-mail contato@anprovin.com.br ou pelo telefone (31) 9 9296-1177 (WhatsApp).

 

Poços de Caldas 

Localizada no Sul de Minas, Poços de Caldas preserva os encantos e o jeito acolhedor de uma típica cidade do interior de Minas Gerais e, ao mesmo tempo, oferece pujança econômica e modernidade. Fundada em 1872, Poços cresceu conforme suas águas termais tornavam-se cada vez mais conhecidas em todo o Brasil.

Ao andar pelas ruas, é fácil perceber em cada detalhe das construções históricas e dos belos jardins todo o glamour que está presente na cidade desde a época dos famosos cassinos. Além disso, a famosa “rainha das águas”, como é carinhosamente conhecida devido à sua sulfurosidade, é também privilegiada em sua localização.

 

São Paulo está a 260km, Campinas a 162km, Rio de Janeiro a 470km e Belo Horizonte, capital do estado, também a 470km.

 

Palace Hotel em Poços de Caldas: Palace Casino fica perto do complexo hoteleiro Foto: Divulgação

 

O Palace Casino

O Palace Casino está localizado bem próximo ao Palace Hotel. O antigo casino é considerado Patrimônio Histórico e faz parte do mesmo conjunto paisagístico e arquitetônico idealizado pelo arquiteto carioca Eduardo Pederneiras, junto com Palace Hotel e o Thermas Antônio Carlos. O Palace Casino conta com três salões e um auditório.