Uma pequena recepção para convidados e funcionários marcava, no dia 7 de julho de 2018, numa noite fria no Vale do Baú, em São Bento do Sapucaí, a inauguração oficial do complexo turístico da Villa Santa Maria. Era mais um passo num projeto de empreendedorismo que vinha sendo conduzido pelas familias Pinotti e Carbonari. No início da década de 2000, vieram as primeiras mudas de uvas viníferas. Elas foram plantadas e seu desenvolvimento chamou a atenção dos propietários. O ciclo inicial indicou que naquele terroir era possível produzir bons vinhos.

O microclima perfeito, a localização e as condições propícias para a produção de vinhos finos alicerçaram o projeto. Já havia ainda duas decisões: 1) batizar os rótulos de Brandina, uma homenagem à matriarca da família, a Nona Brandina, já falecida; 2) homenagear as várias Marias da família dando o nome de Villa Santa Maria à vinícola, um gesto afetivo e com toque italiano, tambem em alusão à origem de tudo.

E por falar em origem de tudo, uma pequena casa na propriedade virou símbolo dessa transformação. Restaurada, serviu de base conceitual e arquitetônica para o que se vê hoje quando o turista chega na Villa. A loja física, onde os clientes passam para comprar as delícias da casa, lembra as linhas da casa antiga. Trata-se de mais um capítulo dessa história que vem sendo contada desde então.

 

A casa que serviu de inspiração e base arquitetônica para o projeto inicial

 

 

 

4 anos de Villa Santa Maria! 4 anos de esforço, trabalho árduo, determinação, erros e acertos, comprometimento e muito amor pelo que fazemos. Obrigada a todos que fazem parte e nos ajudam, diariamente, a construir a nossa história. Saúde!

 

 

 

 

 

 

 

A estrutura hoje

Quatro anos depois, a Villa Santa Maria é uma vinícola com infraestrutura para atrair milhares de visitantes por semana. Além da loja física e da visitação guiada pelos vinhedos, quem vai ao complexo tem à disposição o restaurante (espaços Terrazzo e Giardino), cave, área de degustação, jardins, trilhas, cachoeira e todo um ambiente integrado à natureza.

Na Villa, os visitantes podem experimentar o Menu Gastronômico, experiência que une a cozinha italiana à internacional, apresentando variedade de pratos sofisticados e criativos. Em espaço elegante e intimista, pode-se fazer a degustação dos vinhos Brandina, sempre acompanhada de uma boa conversa, e breve introdução enológica da vinícola.

 

 

 

Toda a produção, vale lembrar, é submetida a rigoroso rigor técnico. Depois de colhidas, as uvas são processadas no Sul de Minas Gerais. A Villa produz sete variedades: Chardonnay, Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Sauvignon Blanc, Merlot, Syrah, e Viognier.

 

Ao todo são 90 hectares com jardins, cachoeira, gramados e lago. Há possibilidade de fazer caminhadas, trilhas e piqueniques. Os canais digitais da Villa Santa Maria são o site www.villasantamaria.com.br e as páginas no Instagram (com 114 mil seguidores) e no Facebook.

O atendimento acontece apenas com reserva prévia. Para isso, é preciso acionar o WhatsApp (12) 9 9633-0222.

 

CONFIRA VÍDEO COM PANORÂMICA DE TODA A ESTRUTURA