Os prêmios conquistados por vinhos brasileiros numa das mais prestigiadas competições do segmento no mundo, a Decanter World Wine Awards, estão sendo destaque na mídia. Publicações especializadas, blogs e canais de enólogos, winelovers e influenciadores estão dando ênfase às conquistas dos brazucas. A grande imprensa também está reservando espaços importantes para o ótimo desempenho dos nacionais.

A premiação conquistada pela Vinícola Villa Santa Maria, que levou a medalha de bronze com o Brandina Assemblage 2014, tinto, um dos mais queridos, desejados e apreciados de seu portfólio, tem despertado ampla divulgação. Trata-se de mais um certificado que se soma a outras conquistas ao longo dos últimos anos do Brandina.

A Villa Santa Maria cultiva e colhe suas videiras em São Bento do Sapucaí (SP), próximo a Campos do Jordão. Seus vinhos carregam o selo de excelência da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), por meio do Núcleo Tecnológico de Uva e Vinho, no município mineiro de Caldas. É para lá que as uvas da Villa Santa Maria são levadas para o processo de desenvolvimento dos vinhos finos, a partir da tecnologia da dupla poda.

A conquista do Brandina 2014 e de outros rótulos nacionais, dos quais 12 produzidos em municípios do Sul de Minas e de São Paulo, mereceu destaque em jornais de grande circulação, como o Estado de Minas, um dos principais veículos do conglomerado Diários Associados, em portais especializados como O Boletim do Vinho e outros dezenas de blogs e canais digitais.

O premiado

O Brandina Assemblage 2014 tem em sua composição 71% da uva Merlot, 17% da Cabernet Franc e 12% da Cabernet Sauvignon. Sensorialmente, conforme ficha técnica da casa, apresenta coloração vermelho rubi clara, límpida e brilhante, com aroma agradável, fruta madura, leve terroso, macio em boca, taninos presentes e corpo leve. Deve ser servido entre 17 e 20 graus. Harmoniza com queijos suaves, carnes mais leves e pratos com molhos mais intensos em massas ou risotos. Sua gradação alcoólica aproximada é de 14%. No concurso Decanter Word Wine Awards, o vinho recebeu 88 pontos.

Futuro promissor

O responsável pelo setor de Vinhos e Agronomia da Vinícola Villa Santa Maria, Guto Carbonari, falou ao Estado de Minas, lembrando do longo período dedicado às pesquisas de vinificação das uvas plantadas na propriedade, que fica nas encostas da Serra da Mantiqueira, no deslumbrante cenário do Vale do Baú. “Temos um controle atento de nossa produção, e isso nos dá um retorno financeiro que permite manter essa qualidade. O investimento tem que ser contínuo”, destacou Guto Carbonari ao Estado de Minas.

O concurso

A premiação internacional da Decanter World Wine Awards, que chegou à 17  edição, é organizada pela revista inglesa Decanter. Durante 28 dias consecutivos, 116 dos maiores especialistas em vinhos do mundo provaram às cegas 16.518 rótulos, sob protocolos de segurança para evitar a contaminação pela Covid-19. O julgamento ocorreu em Londres e os resultados saíram no final de setembro.